SAÚDE MENTAL

Psicóloga alerta para a diferença entre ansiedade e transtorno de ansiedade

Enquanto a primeira é natural do ser humano, a segunda é um distúrbio que precisa de intervenção profissional

Junio Matos
online@acritica.com
18/09/2022 às 15:50.
Atualizado em 18/09/2022 às 15:50

O transtorno de ansiedade afetou, em 2019, mais de 18 milhões de brasileiros, quase 10% da população (Foto: Junio Matos)

A ansiedade é uma emoção natural do corpo quando nos vemos em determinadas situações; seja diante de uma entrevista de emprego, uma prova importante, falar na frente de uma plateia ou mesmo quando temos um primeiro encontro. Quem nunca sentiu aquele frio na barriga, mãos geladas ou tremedeira, não é mesmo? São sentimentos legítimos que podem se manifestar em qualquer situação nova ou de perigo. 

Segundo a psicóloga clínica Tallyne Nascimento, é importante que as pessoas entendam a diferença entre ansiedade e o transtorno de ansiedade. 

“Existe muito a confusão de que a ansiedade pode ser um problema, quando na verdade ela é uma resposta natural do organismo frente à uma situação de perigo. A ansiedade por si só é boa pois precisamos desse sentimento por questão de sobrevivência. Imagina estar no meio da floresta e se deparar com uma onça, a reação de coração acelerado é a ansiedade que nos prepara para enfrentar ou fugir do perigo. A partir do momento em nos encontramos em situações cotidianas típicas e percebemos que nos sentimos ansiosos quando deveríamos estar calmos é o momento de começar a buscar ajuda”, esclarece a psicóloga. 

O transtorno de ansiedade afetou, em 2019, mais de 18 milhões de brasileiros, quase 10% da população, o maior número de pessoas convivendo com a doença em um país do mundo, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde - OMS. Embora uma parcela do país sofra com esse transtorno, o medo do diagnóstico é real para muitos.

Conforme a estudante de 17 anos, Nayara Canto, o medo de ser diagnosticada com um transtorno psicológico foi algo que precisou ser superado. “Recentemente comecei a ter uma série de crises frequentes de ansiedade e decidi ir ao cardiologista. Após uma bateria de exames o médico olhou pra mim e disse que estava saudável; no fundo eu torcia para que desse algo nos exames pois eu sabia que se eu tivesse problema no coração, eu trataria com remédios e ficaria bem, mas se fosse algo na minha cabeça eu teria que bater de frente comigo mesma”, relatou. 

Terapia e tratamento 

Embora o transtorno de ansiedade ainda não tenha uma “cura” definitiva, a terapia é o tratamento que vai ajudar o paciente a lidar e entender melhor os sintomas. Ainda de acordo com a Dra. Tallyne, quanto mais rápido a pessoa buscar ajuda, mais fácil será o tratamento. 

“Quanto mais você demora para tratar algo, seja saúde física ou mental, mais difícil é o tratamento e geralmente as pessoas querem soluções rápidas para problemas difíceis, aí quando elas procuram terapia, normalmente já estão no ‘fundo do poço’. Por isso é importantíssimo buscar ajuda profissional ao perceber os primeiros sintomas”, completou a especialista. 

Sintomas

Em alguns casos, o transtorno de ansiedade pode apresentar sintomas físicos que, à primeira vista, podem ser interpretados como outros males.

Lidar com pessoas que têm o transtorno de ansiedade nem sempre é fácil, pois requer cuidado, atenção e compreensão. A psicóloga dá, ainda, dicas de o que fazer quando se depara com alguém tendo uma crise de ansiedade ou ataque de pânico. 

“Uma atitude importante de quem acompanha um paciente durante crise de ansiedade é validar o sentimento da pessoa naquele momento, pois é muito comum dizerem que isso é ‘coisa da tua cabeça’, ‘besteira’ ou ‘tá tudo bem’, porque não está tudo bem para aquela pessoa. A ideia então é validar o sentimento do paciente, levá-lo para um lugar calmo e pedir que respire junto com você; respira fundo, segura alguns instantes e solta o ar lentamente”, cocluiu Tallyne. 

Por mais confusos que sejam os sentimentos e percepções dos primeiros sintomas do transtorno de ansiedade, se abrir para amigos e familiares é o primeiro e mais importante passo para a superação do problema.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por