Operação Cyber Moon II

PF prende em flagrante investigado por compartilhamento de pornografia infantil no WhatsApp

​Segundo apurado o envolvido participava de grupos de aplicativo WhatsApp, onde distribuía o conteúdo criminoso

Natasha Pinto
online@acritica.com
13/05/2022 às 15:42.
Atualizado em 13/05/2022 às 15:42

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira (13), a Operação Cyber Moon II destinada a repressão a crimes contrários à dignidade da criança e adolescente praticados através da internet com o compartilhamento de imagens pornográficas de abuso de menores.

Na ação a Polícia Federal cumpriu 01 mandado de busca e apreensão expedido pela 2ª Vara Federal Criminal da SJAM na cidade de Manaus.

Segundo apurado o envolvido participava de grupos de aplicativo WhatsApp destinados ao compartilhamento e posse de imagens de pornografia de abuso de crianças e ou adolescentes, conforme informação oriunda do Serviço de Repressão a Crimes de Ódio e Pornografia Infantil SERCOPI/DRCC/CGPFAZ/DICOR/PF) em cooperação com a Interpol Roma.

O nome da operação é uma alusão a operação deflagrada pela polícia italiana denominada “LUNA PARK”. O cumprimento do mandado de busca e apreensão visa identificar o real usuário da linha telefônica utilizada na prática delituosa bem como angariar outros elementos indicativos de autoria e materialidade.

Como resultado da ação foi lavrado um auto de prisão em flagrante pela prática do crime previsto no Art. 241-B da Lei nº 8.069/90 (ECA). Se condenado, o investigado poderá cumprir pena de até 04 anos de reclusão.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por