Confessou assassinato

Homem confessa ter matado professor de dança e é preso em Manaus

Segundo a polícia, ele matou o professor de dança após um desentendimento com a vítima

Joana Queiroz
22/06/2022 às 12:34.
Atualizado em 22/06/2022 às 12:34

(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Diego Ribeiro da Silva, 30, foi preso como suspeito de ter assassinado o professor de dança, Alex Rene Mota de Carvalho, que tinha 46 anos, no domingo (19), na rua Paranapua, bairro Coroado, zona leste de Manaus. Segundo a polícia, ele confessou o crime.

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS),  a motivação do crime  foi um desentendimento entre Alex e Diego, momento em que o assassino  feriu a vítima com golpes de faca na região do tórax.

Alex não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime. Já Diego fugiu logo  após o crime. Na tarde de terça-feira (21), ele se apresentou na sede da DEHS e confessou ter matado Alex.

Na delegacia já havia um mandado de prisão em desfavor do criminoso, ocasião em que foi dado cumprimento a ordem judicial em seu nome.

Na saída da Especializada, o suspeito disse que não tinha nenhum relacionamento com a vítima e que Alex teria tentando matá-lo primeiro. Diego responderá por homicídio e ficará à disposição do Poder Judiciário.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por