SIM E NÃO

Sevas deve ser reeditado em 2022

“Precisamos trazer novamente a região do Alto Solimões para o centro do debate”, declarou David Bemerguy (MDB), prefeito de Benjamin Constant

acritica.com
online@acritica.com
23/06/2022 às 07:35.
Atualizado em 23/06/2022 às 07:35

Benjamin Constant (Foto: Reprodução)

O badalado Seminário de Vereadores do Alto Solimões (Sevas), realizado pela última vez há quase 20 anos, deve ser retomado em 2022. Um dos defensores da ideia é David Bemerguy (MDB), prefeito de Benjamin Constant. Ele, que presidiu a associação de vereadores que organizava o evento, vai apresentar a proposta de reedição do Sevas durante Fórum de Educação, dia 5 de julho, em Jutaí. “Precisamos trazer novamente a região do Alto Solimões para o centro do debate”, declarou Bemerguy para a coluna.

Holofote - Realizado uma vez por ano, em sistema rotativo na década de noventa e começo dos anos 2000, o Sevas ajudou a atrair a atenção tanto do Estado quanto da União para  problemas do Alto Solimões. Disputado, o evento chegou a receber quatro pré-candidatos ao Governo do Amazonas em uma das edições.

Legado - O Seminário do Alto Solimões viu nascer propostas que saíram do papel nos anos posteriores, como a estrada que liga Benjamin Constant a Atalaia do Norte, a estruturação da rede bancária da região, a criação da rádio nacional do Alto Solimões, o aeroporto de São Paulo de Olivença.

Entusiasta - A reedição do Sevas será, também, uma forma de homenagear um de seus maiories entusiastas, o bispo emérito da diocese do Alto Solimões (AM), dom Alcimar Caldas Magalhães, que faleceu em julho do ano passado.

Vistorias - O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas começou a fazer vistorias dos locais de votação nas Eleições deste ano. Os imóveis devem oferecer condições para receber eleitores e mesários.

Vistorias 2 - Rogério José da Costa Vieira, juiz titular da 1ª Zona Eleitoral, acompanhado pela chefe de Cartório Eleitoral Sarah do Amaral Pereira, bem como outros servidores da equipe, estiveram em locais como o Instituto de Educação do Amazonas- IEA, a Escola Estadual Princesa Isabel, a Escola Estadual Dom Pedro II, a Faculdade Santa Teresa e o Centro de referência da Família André Araújo.

PL... - O Projeto de Lei que obrigaria o Poder Público a pagar contratos priorizando a ordem cronológica em que foram firmados com o Estado, foi rejeitado, na manhã de hoje, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

...rejeitado - O PL 441/2020 é de autoria da CPI da Saúde, instaurada em maio de 2019 na Casa Legislativa para apurar atos ilícitos nos bastidores da saúde do Amazonas. A propositura foi apresentada pela CPI com o objetivo de combater o beneficiamento indevido e, ainda, assegurar aos prestadores de serviço o cumprimento dos compromissos firmados em contrato, fundamentais para o pagamentos de servidores que prestam serviços à população.

Temáticas - A Bohemia levou para Parintins  latas decoradas em homenagem aos Bois Garantido e Caprichoso. Patrocinadora oficial da Festival de Parintins apresenta versões comemorativas de latas e garrafas, desenvolvidas pelo artista local Ronan de Aquino.

Acidentes - Ainda em Parintins, funcionários das unidades médicas sentiram um aumento no número de pacientes vítimas de trânsito. Ontem a cidade já estava lotada e, como de costume, o trânsito super desorganizado. Pela cidade, não se vê fiscalização, embora existam equipes do Detran-AM no município.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por