RASTREADORES EM ALTA

Reflexo da insegurança, mercado de rastreadores cresce em Manaus

Medo de ser furtado ou roubado, além do alto preço dos seguros, fazem os motoristas procurarem por alternativas

Thiago Monteiro
cidades@acritica.com
01/08/2022 às 13:56.
Atualizado em 01/08/2022 às 14:01

Mais de 500 veículos foram recuperados só no primeiro semestre deste ano seja por roubo ou furto (Foto: Junio Matos)

A violência urbana de Manaus e no interior do Estado tem assustado a sociedade nos últimos anos, principalmente em relação a furtos e roubos de  veículos, como carro e moto. Para conter este tipo de problemática, alguns condutores têm buscado a solução na instalação de rastreadores em carros, motocicletas, caminhões, embarcações,  dentre outros. 

Para o analista técnico de TI, Diego Freitas, 36, que desde março usa rastreador no seu carro, usar o aparelho tecnológico é uma forma de prevenir estes dois tipos de crime na cidade. “Tenho conhecidos que tiveram o carro e moto roubados, que até hoje não acharam. Todo dia vejo esses tipos de casos acontecendo na televisão e internet. Colocando o rastreador se tem uma proteção, além de achar e resgatar rápido”, disse Freitas.

Evitar ‘dor de cabeça’

A industriária Joany Sousa, 30, que instalou em seu veículo um rastreador a menos de três semanas, afirma que recebeu uma indicação de um amigo e colocou o objeto como forma de segurança e não terá uma "dor de cabeça" caso tenha o automóvel roubado pela capital. 

“O rastreador é uma forma de termos uma segurança a mais para o caso de algum incidente. Também coloquei esse sistema, pois o seguro de veículos está muito caro”, explicou a industriária.

Mercado aquecido

De acordo com o empresário John Torres, da JHT Rastreamento Veicular, o mercado está aquecido devido a alguns casos isolados de roubos e furtos, que tem ocorrido em algumas zonas da cidade. 

“Do final do ano de 2021 para este ano foram 15 veículos roubados e recuperados pela nossa empresa, de junho a julho de 2022 fizemos quatro resgates de veículos roubados. Estamos no mercado há quatro anos e rastreamos de tudo: carro, moto, embarcações. Todos os objetos perdidos foram recuperados. Rastrear um bem é um investimento”, contou Torres.

Ainda segundo o empresário, durante as buscas dos veículos a empresa sempre tem apoio de policiais civis ou militares no resgate e atualmente não existe um sindicato ou associação para este tipo de empresa no Estado.

Valores

Consumidores e proprietários de empresas de rastreamento destacaram que os valores de instalação e taxa mensal variam na hora de adquirir o dispositivo de segurança para automóveis. A média de preço tem a variação de R$ 49,99 a R$ 100 para o rastreio mensal, além da taxa de instalação, que tem uma estimativa de R$ 100 a R$ 200, dependendo da empresa.

299 Roubos e furtos de automóveis foram registrados no primeiro semestre deste ano, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM). Nos seis primeiros meses do ano passado foram computadas 333 ocorrências desta natureza ocasionando em 10% de redução deste tipo de caso na capital.

Veículos recuperados

Conforme a SSP-AM, 570 veículos foram recuperados na capital no primeiro semestre de 2022.  A pasta informa que a implantação do Programa Paredão, sistema de câmeras inteligentes de videomonitoramento, criadas para reduzir roubos e furtos de veículos em Manaus, além de colaborar na elucidação de crimes na capital tem sido eficaz para este tipo de situação.

Aumento dos roubos e furtos na pandemia

O empresário Isaías Maia, da Atalaia Rastreadores informou,  que em seis anos no ramo de rastreamento mais de 80 veículos foram recuperados pela empresa. Segundo ele, o ano que mais foram achados veículos furtados e roubados foi em 2021, durante o auge da pandemia de coronavírus. 

“Temos percebido o aumento da clientela. Neste ano, nossa empresa já recuperou uma média de 14 veículos e já estamos neste mercado há algum tempo”, frisou Maia.
Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por