Incêndio

Incêndio na Zona Leste de Manaus pode estar espalhando fumaça tóxica, diz Corpo de Bombeiros

Bombeiros não descartam a possibilidade da fumaça ser tóxica pois o local do incêndio se trata de um depósito de descarte de lixo.

Joana Queiroz
online@acritica.com
21/09/2022 às 13:57.
Atualizado em 21/09/2022 às 14:25

(Foto: Junio Matos/A CRÍTICA)

Um incêndio em um lixão localizado na avenida Cosme Ferreira, bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste de Manaus, que já dura mais de 12 horas está espalhando fumaça, provavelmente tóxica, para moradores dos arredores. 

As chamas já foram controladas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), mas a fumaça está longe de acabar, como afirma o tenente Mariano. O oficial não descarta a possibilidade de que a fumaça que está se espalhando seja tóxica, já que se trata de uma lixeira onde é descartado resto de material de construção civil.

De acordo com moradores, o local onde está a lixeira é propriedade do empresário Francisco Garcia. “Isso aqui era um buracão de que há anos vem sendo aterrado com entulhos ainda tem muito entulho pra queimar”, disse um morador que preferiu não revelar o seu nome.

Um homem, que se identificou como “Marcelo”, se apresentou no local, dizendo ser empresário de construção civil, confirmou que o terreno é de Garcia e que, atualmente, ele é o locatário do espaço. “É que eu trabalho com construção civil e aluguei esse espaço para despejar lixo das obras” disse Marcelo.

Segundo Marcelo, o incêndio começou por volta das 21h e foi provocado por pessoas que pularam o muro para roubar fios de cobre e acabaram colocando fogo na lixeira.

No começo, o incêndio fez chamas muito altas e, apesar do terreno estar cercado por muros altos, chamou a atenção por quem passava pelo local. O incêndio foi classificado pelo Corpo de Bombeiros como de porte médio a grande proporção.

De acordo com nota do Corpo de Bombeiros, a equipe de socorro foi acionada na noite de terça-feira (20) para atender sinistro na zona leste; ocorrência que segue em andamento. As guarnições permanece em combate às chamas pela madrugada desta quarta-feira (21).

Depois de algumas horas, os bombeiros conseguiram conter as chamas. Os bombeiros trabalharam durante a madrugada com quatro viaturas e 10 bombeiros militares. Ainda na madrugada, uma viatura permaneceu de prontidão no local para garantir que novos focos não se propagassem.

Por volta das 9h15 desta quarta (21), a Central dos Bombeiros 193 foi acionada para retornar ao local, pois havia novos focos de chamas no lixão. A ocorrência segue em andamento.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por