Podcast

De volta da COP-27, Eduardo Taveira é entrevistado pelo 'Sim E Não'

Secretário estadual de Meio Ambiente, Eduardo Taveira, afirmou, nesta quarta-feira (23), que o Amazonas espera “presença constante” dos estados da Amazônia nas tomadas de decisão do futuro governo sobre a região

Waldick Junior
online@acritica.com
23/11/2022 às 19:13.
Atualizado em 23/11/2022 às 19:13

(Foto: ReproduçãoYoutube)

Em entrevista para o podcast Sim&Não, de A CRÍTICA, o secretário estadual de Meio Ambiente, Eduardo Taveira, afirmou, nesta quarta-feira (23), que o Amazonas espera “presença constante” dos estados da Amazônia nas tomadas de decisão do futuro governo  sobre a região. 

Taveira retornou no último domingo do maior evento do mundo sobre mudanças climáticas, a Conferência das Partes (COP) 27, no Egito. Ele esteve presente como representante oficial do governo amazonense. 

“Tive a oportunidade conversar com algumas pessoas que estão compondo a equipe do novo governo [e afirmei a eles] que o Estado do Amazonas está totalmente aberto para essas negociações. A gente só espera que uma vez concretizado um nome [para o Ministério do Meio Ambiente], os estados da Amazônia tenham uma presença constante nessas tomadas de decisão”, pontuou.

A fala do secretário vai ao encontro do que diz a carta entregue pelos governadores da Amazônia Legal ao presidente eleito Lula (PT) durante a COP 27. Embora não tenha participado do evento, Wilson Lima subscreveu o posicionamento.

“Não dá para discutir a conservação da Amazônia sem, na outra mão, ter compromissos claros de redução de pobreza. Os governadores da Amazônia Legal ainda não receberam nenhum documento oficial, nenhum convite para integrar qualquer discussão”, comentou o secretário.

COP na Amazônia

Durante participação na COP 27, o presidente eleito Lula colocou o território da Amazônia à disposição para a realização da COP 30, em 2025. As cidades mais cotadas são Manaus e Belém. Sobre esse ponto, Taveira considera a possibilidade como positiva, mas faz ressalvas.

“Trazer uma COP para cá com toda a infraestrutura, com todo o investimento que é necessário fazer, sem pensar num resultado efetivo para que ela se realizasse aqui. Temos que avaliar de uma maneira muito sem paixões, muito técnica, para que tenhamos o resultado que se espera de uma conferência aqui na nossa região”, afirmou.

Questionado sobre se o Amazonas colocou o nome da capital à disposição para receber o evento, o secretário respondeu que a participação da comitiva amazonense na COP será tratada com o governador Wilson Lima nesta quinta-feira.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por