CAMPEÃO!

Invicto, Rio Negro conquista título do Campeonato Amazonense Série B 2022

Galo da Praça da Saudade venceu o novato Parintins por 3 a 1, nesta quarta-feira (21)

Lane Azevedo
online@acritica.com
21/09/2022 às 17:44.
Atualizado em 21/09/2022 às 17:44

(Foto: Arlesson Sicsú)

A cereja do bolo que faltava para coroar a campanha do Rio Negro veio! Após uma campanha com 100% de aproveitamento, o Galo da Praça da Saudade conquista o título do Campeonato Amazonense Série B 2022. O time venceu o Parintins FC por 3 a 1, na tarde desta quarta-feira (21), no estádio Carlos Zamith. 

Spice, Edinho Canutama e Fafá foram os responsáveis pelos gols marcados. Andre Tavares, descontou para o Tourão, e termina como artilheiro da competição com 14 gols marcados. 

O último triunfo do Barriga Preta foi em 2008, na mesma série. Na temporada 2022, foram onze vitórias em onze jogos. O clube também termina o torneio com a melhor defesa, sofrendo apenas quatro gols, e o melhor ataque, com 44 gols marcados. 

O jogo

No jogo mais esperado para as equipes finalistas, quem saiu na frente foi o time centenário. O camisa oito do Rio Negro, Raphinha, cobriu uma falta aos do 17 minutos e mandou para dentro da área. Spice atento, de cabeça, abriu os trabalhos.

Aos 20, Magnum saiu na velocidade pela lateral. Alcançou para Edinho, que não perdoou e ampliou para o Galo da Praça da Saudade. 

O Parintins respondeu, aos 27 minutos. Com bola parada, Thiago Bigo lançou para meta, e o artilheiro da Série B, André Tavares, desviou de cabeça, diminuindo o placar. 

O restante do primeiro tempo, as jogadas deram uma esfriada. Todas as tentativas pararam na trave. 

Segundo tempo

Na etapa complementar, os times voltaram mais retrancados. As chances chegavam para Edinho Canutama, mas o atacante desperdiçava todas. 

Aos 21 minutos, Serginho do Tourão, levou o segundo amarelo e, automaticamente, foi expulso da partida. O Parintins com um a menos, continuou pegando pressão, mas conseguia desarmar. 

O técnico Carlos Cavalo modificou o plantel. Saiu Edinho Canutama e entrou Fafá. Aos 40, a substituição trouxe frutos. Após escanteio de Hitalo, a bola ficou com Fafá, que lutou  incansavelmente e deixou o Rio Negro numa boa por 3 a 1, consagrando o time do Centro de Manaus campeão do Barezão da segunda divisão amazonense.

Ficha técnica

Rio Negro: Luiz Carlos, Magnum, Spice, Selson,  Antony, Fidelis, Dan (Marquinhos), Hitalo, Edinho (Fafá), Raphinha (Tico) e Kaique (Léo Salgado). Tec - Carlos Cavalo.

Parintins: Murilo, William, Luiz, Júnior, Taison, Thiago, Gabriel, Sérgio, Werley (Manga), Tavares e Jonas. Tec - Sidney Bento. 

Gols: Spice, 17; e Edinho 20 do 1°T; e Fafá aos 40 do 2°T (Rio Negro)

Tavares, 27 do 1°T (Parintins)

Árbitro: Halbert Luiz
Estádio: Carlos Zamith

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por