Esportes

Cinco amazonenses disputam a Copa Pacífico de Natação na Bolívia

Convocados pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), os nadadores irão enfrentar provas de até 1500 metros, nesta terça-feira (23)

Lane Azevedo
online@acritica.com
22/11/2022 às 21:34.
Atualizado em 22/11/2022 às 21:34

(Foto: Divulgação)

Que o Amazonas forma talentos, não é novidade pra ninguém. Saindo das piscinas do Instituto Pedro Nicolas de Natação, atletas do Estado vão representar o Brasil na Copa Pacífico de Natação em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Cinco amazonenses - com melhor desempenho técnico em competições regionais e nacionais -, irão nadar às provas de 200, 400, 800 e 1500 metros, nesta terça-feira (23).

A Copa Pacífico é uma competição da qual participam países banhados pelo oceano pacífico, mas o Brasil entra como país convidado. Para essa disputa, a seleção brasileira é formada apenas por atletas do Norte e do Nordeste, entre 14 e 18 anos. 

O mais experiente entre os convocados, Caio Arcos, 18 anos, é o melhor nadador do Amazonas nas provas de costas e medley. Também é recordista absoluto na prova de 200 metros costas, recordista norte-nordeste e 5° colocado no Mundial Estudantil nos 200 metros costas, em Normandia, na França.

"A Copa Pacífico foi minha primeira convocação brasileira, que foi em 2018. Então foi a primeira competição a nível sul-americano. Estou indo para terceira convocação com bastante expectativa, e quero trazer medalha de ouro e outras medalhas também. Também se dê tudo certo, um recorde sul-americano", projeta.

Outros nadadores amazonenses

Alice Barros, 18 anos, é vice-campeã Brasileira nos 200 metros costas, recordista norte-nordeste e recordista amazonense da prova.

Kathleen Manoella, 15 anos, é recordista amazonense nos 200, 400, 800 e 1500 metros, estilo livre. A atleta é atual campeã da Travessia Almirante Tamandaré e conquistou medalha de bronze no Campeonato Brasileiro de Águas Abertas.

Rafael Leal, 15 anos, é campeão da Rio Negro Challenge nos 3 quilômetros. Também conquistou medalha de bronze na Copa Brasil de Águas Abertas e no Meeting Internacional das Fronteiras.

Raylson Guimarães, 15 anos, é vice-campeão brasileiro, recordista amazonense no norte-nordeste nos 50 e 100 metros livre e 50, 100 e 200 metros peito.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por