Avaliação

Aderbal Lana acredita que São Raimundo ainda precisa evoluir muito

Time tem focado nas jogadas ofensivas e apesar de apontar a qualidade do elenco, treinador acredita que há um caminho a percorrer até que o time engrene na Série D

Camila Leonel
camilaleonel@acritica.com
11/05/2022 às 22:40.
Atualizado em 11/05/2022 às 22:40

Time do São Raimundo durante treinamento na Colina (Arlesson Sicsu)

O São Raimundo treinou na tarde desta quarta-feira (10) no estádio Ismael Benigno, a Colina, visando o duelo contra o Amazonas, no domingo (15). O elenco alviceleste fez trabalhos de transição ofensiva e finalização, um ponto que vem sendo frisado pelo técnico Aderbal Lana.

“A gente está tentando uma transição de meio para frente, aproximando os jogadores às vezes, para ter um número maior a nível de contra ataque e ofensividade”, disse Lana, que apesar dos trabalhos intensos, acredita que ainda falta bastante para que o time chegue no nível ideal.

“Ainda está muito longe daquilo que precisa. Acho que alguns nunca treinaram, mas foi bom o treinamento. A gente exigiu bastante e espero que possa ter ganhado alguma coisa com esse treino”, completou o técnico.

Tempo para evoluir

Antes mesmo do início da Série D, Aderbal Lana frisou que precisaria de tempo para ajustar o time, que iniciou os treinos duas semanas antes da estreia. Após quatro jogos, ele diz que o trabalho continua, mas que além do trabalho, o resultado é importante para dar confiança.

Nós temos bons jogadores, de qualidade. O time evoluiu muito pouco por causa dessa dificuldade nos treinamentos de campo, a gente tem que estar correndo aqui e ali, mas devagar, ele vai alcançando um nível melhor a gente depende de algumas vitórias para voltar a confiança porque a cobrança aqui é grande demais e alguns ainda não estão acostumados comigo, mas vamos levando”.

Sequência

Outro fator levado em consideração pelo técnico é a sequência que a equipe pegou no início da competição. Desde que assumiu o São Raimundo, Lana frisou que pegar times com elencos que jogam há mais tempo junto, enquanto o Alviceleste começou um trabalho do zero para a Série D.

“A gente tem que medir também os adversários que nós enfrentamos. Nós enfrentamos o Rio Branco fora de casa, um time que tá ganhando os seus jogos, o Porto Velho que ta montando há dois, três anos e também está indo bem, apesar de ter perdido nessa última rodada, e o São Raimundo de Roraima, que está montado. Pegamos muita coisa difícil e vamos pegar de novo que, é o Amazonas. Mas espero que a gente possa ganhar para trazer equilíbrio e mais confiança ao time”, concluiu.

O São Raimundo entra em campo contra o Amazonas às 16h deste domingo. O jogo será na Arena da Amazônia. O Tufão é o quinto colocado no Grupo A1, já a Onça é líder do grupo com 100% de aproveitamento.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por