AMAZÔNIA

Draga de ouro é interceptada navegando em área indígena do Rio Negro

Trio foi apreendido e liberado após prestar esclarecimentos à polícia; Funai ressalta que não existe autorização para deslocamento de dragas em terras indígenas e que providências serão tomadas

acritica.com
20/09/2022 às 16:21.
Atualizado em 20/09/2022 às 16:21

(Foto: Reprodução)

Uma draga de exploração de ouro foi interceptada por uma equipe da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Exército Brasileiro, no último fim de semana, no rio Negro, nas proximidades da foz do rio Cauburis, na Terra Indígena do Médio Rio Negro, no Amazonas. O trecho fica na metade do trajeto entre Santa Isabel e São Gabriel da Cachoeira.

Três pessoas foram apreendidas e, após prestarem esclarecimentos às polícias Civil (PC) e Federal (PF), foram liberadas. Segundo a coordenadoria regional da Funai, as autoridades analisaram os documentos e o trio foi liberado, pois, de acordo com o proprietário da balsa, eles estavam apenas de passagem.

A coordenadoria ressaltou que não existe autorização da Funai para deslocamento de dragas em Terras Indígenas e que providências serão tomadas para que fatos dessa natureza não ocorram novamente.

As informações foram confirmadas pelo presidente da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn), Marivelton Baré. Nas redes sociais, ele publicou um vídeo que mostra o momento do flagrante da balsa navegando na região do Castanheiro, no Médio Rio Negro.

SAIBA MAIS

Em novembro do ano passado, uma caravana com centenas de balsas de exploração ilegal de ouro foram invadiu um trecho do rio Madeira, em Autazes, a apenas 120 quilômetros de Manaus. O caso teve repercussão internacional.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por